Trabalho voluntário: como ajudar os outros também pode te ajudar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Você sabia que dia 05/12 é o dia internacional do trabalho voluntário?

Para comemorar essa data, que tal falarmos um pouco sobre como esse tipo de trabalho pode te ajudar no mercado de trabalho (e na vida, de forma geral)?

Vem comigo! 😉

Afinal, o que é trabalho voluntário?

O trabalho voluntário é uma atividade sem remuneração que você faz para ajudar, direta ou indiretamente, alguma causa ou comunidade.

Ou seja, é uma atividade extracurricular que você pode fazer através de uma ONG, por exemplo.

Como a ideia do trabalho voluntário é ajudar quem está precisando, você pode se dedicar a várias áreas.

Algumas causas que você pode ajudar são: educacionais, culturais, recreativas, comunitário e muitas outras!

Isto é, você com certeza tem uma habilidade que estão procurando por aí!🥰

Gostou da ideia? Então eu vou te explicar como adicionar trabalhos voluntários no seu currículo!

Como adicionar trabalho voluntário no currículo?

Antes de tudo, o trabalho voluntário entra na área de “informações complementares”.

Isso aí, a mesma área em que você adiciona cursos pequenos e intercâmbios!

Você não precisa limitar suas experiências com trabalho voluntário a sua área de atuação.

Só para exemplificar: se você trabalha com marketing, mas quando foi voluntário doou quentinhas para moradores de rua ou cuidou de idosos, ainda pode adicionar isso no seu currículo!

Afinal, o trabalho voluntário mostra para os recrutadores que você tem um olhar humanizado, o que acaba adicionando valor ao seu perfil profissional. 🤩

É muito importante adicionar o período que você fez esse trabalho, onde foi e suas atividades, ok? Não esquece!

Quais são os benefícios?

Antes de mais nada, adicionar trabalhos voluntários no seu currículo mostra para os recrutadores que você já tem várias das soft skills valorizadas no mercado de trabalho! Legal, né?

Com o trabalho voluntário, você é exposto a novos desafios que tem como resultado uma gama de competências novas que vão te ajudar a lidar com qualquer problema!

Além disso, o trabalho voluntário aumenta sua rede de relacionamento, já que você pode trabalhar com várias pessoas e com experiências distintas!

Competências que o trabalho voluntário ajuda a desenvolver

Gostou da ideia de ser um voluntário e quer saber as soft skills que você pode desenvolver com essa atividade?

Confere só abaixo:

1) Comunicação e habilidades interpessoais

Não importa o que você decidir fazer, uma coisa é certa: você vai ter que aprender a se comunicar!

E vai falar com pessoas que lidam com as coisas de um jeito diferente do seu, então além de tudo, é necessário desenvolver habilidades interpessoais para não gerar desentendimentos no ambiente!

Maravilhoso, né? 🥰

2) Criatividade

Ser voluntário é achar modos criativos de resolver problemas, porque nem sempre você vai poder resolver as coisas de um jeito fácil.

Seja pela falta de dinheiro ou a necessidade de encontrar métodos inovadores para resolver problemas, a criatividade é uma competência necessária!

E essa soft skill é muito valorizada no mercado de trabalho, pois demostra que você é um profissional inovador e diferenciado.

Portanto não se esqueça, você vai ter que botar a mente pra trabalhar! 😉

3) Resolução de problemas

Resolução de problemas é uma das características mais procuradas por empresas.

Isto é, ter a capacidade de identificar a causa de complicações para poder buscar as melhores soluções possíveis é uma habilidade muito reconhecida.

O momento que você trabalha como voluntário é incrível para desenvolver essa competência, pois vai ter que lidar constantemente com problemas que exigem pensamento crítico.

E aí, seu pensamento crítico tá afiado? 🤔

4) Trabalho em Equipe

Dificilmente uma pessoa que se voluntariou num projeto vai trabalhar sozinho, ou seja, desde o começo você já vai ter que lidar com várias pessoas para fazer o seu projeto andar!

Além disso, você vai acabar aprendendo a compartilhar ideias e lidar com diferenças. Quer coisa melhor que isso? 🤗

5) Autogestão

Quando você é voluntário, é necessário aprender a se autogerir, pois ninguém vai ficar checando no seu trabalho toda hora!

Todo mundo ali está com mil tarefas para fazer e não tem muito tempo para checar em outras pessoas!

Por conta disso, o voluntário aprende a ser proativo, uma característica sempre procurada por recrutadores! 😉

Conclusão

E aí? Leu o texto e decidiu que vai ser um voluntário? Então acesse este site e descubra lugares onde a sua mão de obra é bem-vinda!

E não esquece de compartilhar sua experiência como voluntário aqui nos comentários! 👇

Beatriz Costa

Beatriz Costa

Redatora na Passei Direto

Comentários

Deixe uma resposta