Mulheres que constroem a PD: tecnologia como motor para a transformação

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Durante o mês de março buscamos homenagear as mulheres que compõem o time da Passei Direto contando algumas das várias histórias inspiradoras que elas têm. Hoje, finalizando essa série, vamos compartilhar um pouco da jornada de algumas dessas mulheres gigantes que têm a tecnologia como motor para a transformação.

Atualmente, 57,2% dos universitários brasileiros são mulheres. Mas a área de tecnologia ainda é predominantemente composta por homens. É aí que Larysse, Edith e Larissa entram: com seus conhecimentos, sua resiliência e determinação, elas conquistaram seus espaços nessa área. E, dessa forma, estão inspirando milhões de mulheres a também ocuparem seus espaços tão sonhados através da educação. Vamos conhecer suas histórias?

Paixão como caminho para a transformação

mulheres-que-constroem-a-PD

Edith Vidal tem 30 anos, é formada em Sistemas de Informação e é apaixonada por música. Além dessa paixão, ela também sempre amou estudar e sabia que essa era a forma de transformar a sua vida. A sua mãe, que é professora, foi essencial nesse processo! Foi dessa maneira que ela conseguiu uma bolsa integral para estudar na PUC-Rio e lá que ela conheceu a Passei Direto.

“Um dia, na PUC-Rio, vi um anúncio de um site chamado “Passei Direto”, mas nunca imaginei que um dia faria parte da equipe. No ano seguinte, um amigo meu, que também já trabalhou na PD, me falou sobre uma vaga e me inscrevi. Passar na entrevista foi como um sonho pra mim, pois eu curti muito a ideia de fazer parte de uma empresa de tecnologia voltada para educação.”

Aqui a Edith compõe o time de Acquisition como Tech Manager. Assim, ela está sempre muito próxima do propósito de transformar o mundo através do conhecimento! Aqui na PD, ela trabalha contribuindo na busca e atração de estudantes que veem valor na nossa rede com os diversos conteúdos de qualidade que eles podem acessar. 

Ela já precisou vencer diversos desafios, mas com sua determinação não desistiu e conquistou seu espaço através da educação. E, claro, segue inspirando e contribuindo para mudanças positivas! Além do mais, Ellis Carvalho, sua líder, contou que a Edith também impacta o seu time com sua outra grande qualidade: a empatia.

“Se for pra escolher uma palavra pra maior qualidade de Edith, diria que é empatia. A forma como ela lidera seu time demonstra uma constante preocupação com o outro, uma vontade de ouvir e de olhar com carinho e cuidado pras pessoas ao seu redor. Isso torna o trabalho mais leve e mais acolhedor.”

Foco e persistência para alçar grandes voos 

mulheres-que-constroem-a-PD-larissa

Larissa Paz (Lari) tem 29 anos e é formada em Ciência da Computação. Ela sempre foi muito determinada e com apenas 15 anos conseguiu convencer seus pais que precisaria estudar em um colégio melhor para alcançar o seu objetivo de estudar na UFPE. Ela se mudou para Recife para cursar o 3° ano do ensino médio. Lá se dedicou muito, estudando durante várias horas seguidas até conseguir o seu sonho. O amor da Lari pela educação a fez voar alto, por diferentes lugares, traçando diversos caminhos, ela conta que foi o que a fez conhecer a PD. 

“Foi a educação que me fez sair da cidade do interior com perspectivas limitadas e abriu as portas pro mundo. Me fez fazer intercâmbio de 1 ano em uma boa universidade, em uma das cidades mais amadas do mundo. E nesse ano visitar os museus mais incríveis que me fez crescer em conhecimento especialmente de cultura e história.”

E ela segue crescendo e aprendendo muito! Aqui na PD, como Principal Software Engineer, ela também está sempre se desenvolvendo. Através da sua missão de transformar o propósito da Passei Direto em soluções tecnológicas para todos que fazem parte da nossa rede, ela continua a transformar o mundo

Lari é a combinação de persistência e foco, assim ela conseguiu alcançar diversos objetivos em sua vida. Somado a isso, o Pablo Silva, seu líder, conta que a excelência é uma marca do trabalho dela.

“Larissa chegou muito nova a Passei Direto e passou por diversos cargos. Cada cargo que passou fez o seu trabalho de forma extremamente eficiente e eficaz. Sempre estudando e se colocando como uma profissional de ótima qualidade. Buscando novos desafios e buscando ser a cada dia uma melhor profissional e uma melhor pessoa.”

Desafiando padrões, inspirando novos desafios 

mulheres-tecnologia-como-motor-para-a-transformação

Larysse Savanna, ou Lary, tem 25 anos e é formada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e mestre em Ciência da Computação. Uma curiosidade que mostra a força da Lary é que ela foi a primeira mulher a se formar nessa graduação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mesmo com todas as adversidades, ela não desistiu do seu objetivo e conseguiu o tão sonhado diploma numa área muito desafiadora, mas que, como ela falou, é uma de suas paixões. 

“Atualmente, a área de computação em geral é ocupada majoritariamente por homens, então fico feliz em poder contribuir para a quebra desse padrão. Trabalhar com tecnologia é, sem dúvidas, uma das minhas maiores paixões. Principalmente por ser uma área de constante aprendizado e desafios e que nos permite facilitar a vida das pessoas.”

Como Engenheira de Software aqui na Passei Direto, ela contribui facilitando o acesso ao conhecimento e, assim, transformando o futuro dos estudantes junto ao seu time de Content Discovery. Com muita determinação, inquietude e sempre focando no aprendizado ela faz a diferença no mundo e na PD. O Pedro Diniz, seu líder, contou pra gente como a Lary gera impacto e é essencial para o seu time:

“Larysse tem uma grande capacidade de aprender rapidamente mesmo com pouco tempo de casa. Além disso, é um elo essencial para manter a união do time. Ela está sempre disponível para ajudar no Discord e nas dinâmicas de integração da equipe fazendo diminuir essa distância que existe com o trabalho remoto.” 

Persistência, determinação, foco e resiliência são palavras de ordem na vida de muitas pessoas. Mas com as histórias das mulheres que constroem a PD, aprendemos que também é importante ter como palavras chaves afeto, inspiração, empoderamento, conhecimento e, claro, transformação. Seja através da tecnologia, da comunicação, da liderança, ou dos dados, o importante é lutar pelos seus sonhos, e ajudar outras mulheres na luta pelos seus. Por aqui, nosso sonho é transformar o mundo através da educação e, com elas, estamos cada dia mais perto.

O que acha de construir a maior rede de estudos do Brasil junto desse time de mulheres potentes? Gostou da ideia? Então, não deixe de conferir as nossas vagas aqui

Comentários

Este post tem um comentário

  1. Avatar
    Rosilda Maria

    Essas mulheres nos inspiram e empoderam.

Deixe uma resposta