Ansiedade nos estudos: 7 passos para lidar

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Qual estudante nunca sentiu ansiedade nos estudos? Infelizmente, esse é um sentimento que afeta muitas pessoas.

Afinal, desde 2017, o Brasil tem o maior índice de pessoas com transtornos de ansiedade em todo o mundo.

Esse número é realmente impactante e traz a necessidade de debatermos esse tema.

Então, hoje vamos compartilhar 7 dicas para ajudar você, estudante, a lidar com a ansiedade. 

Fica comigo que te conto tudo! 👇🏾

1. Reconheça suas conquistas

Ao estudar, a tendência é que a gente foque apenas no que falta ser concluído.

Assim, esquecemos de tudo aquilo que já fizemos e ficamos com um sentimento de estresse, de frustração, cansaço e ansiedade.

Nesse caso, você pode começar a anotar tudo o que precisa fazer em um planner, por exemplo, e dar check nas tarefas que concluir. 

Esse passo super simples vai te ajudar a visualizar tudo aquilo que você já conseguiu fazer.

Além de te mostrar que sim, você consegue dar conta daquelas tarefas.

Portanto, não esquece de se parabenizar por essas conquistas, ainda que elas pareçam pequenas.

2. Evite ambientes conturbados

Sabe aquele cantinho que você reservou para ser seu ambiente de estudo? Ele é um ambiente tranquilo e organizado? 

Essa é uma pergunta importante a se fazer.

Sempre que possível, invista em ambientes mais vazios, organizados, que não sejam muito barulhentos.

Afinal, lugares caóticos dificultam a concentração.

Então, isso pode levar à frustração – e, consequentemente, à ansiedade de não estar conseguindo estudar.

Dentro de casa, muitas vezes não é possível encontrar esse ambiente de estudos perfeito.

E está tudo bem: o importante é tentar adaptar esse local ao máximo para torná-lo mais agradável para você estudar. 

3. Descanse

Essa dica parece óbvia, né?! 

Mas muitos estudantes acabam se privando de descansar para estudar durante muitas horas seguidas.

Essa prática é muito comum, mas extremamente negativa.

Ao dormir pouquíssimas horas você inicia o dia com menos produtividade, mais cansaço e estresse.

Por isso, para controlar a ansiedade é importante ter também um momento de descanso. 

O seu corpo precisa de uma pausa e a sua mente também. 

Dessa forma, busque um equilíbrio entre o descanso e os estudos. Criar um cronograma pode te ajudar nessa tarefa!

4. Aposte na meditação

Essa prática pode te ajudar a seguir a dica anterior. Afinal, meditar ajuda a relaxar, a descansar a mente e o corpo.

Muitas pessoas não se sentem confiantes para iniciar essa prática. 

Mas o importante é tentar!

Separe alguns minutos do seu dia para se dedicar à meditação (acredite, 3 minutinhos já é um bom começo!).

Comece aos poucos e vá aumentando o tempo de dedicação conforme sua evolução.

Além disso, têm diversos vídeos no YouTube com dicas para te ajudar a meditar.

E também um aplicativo super bacana para te guiar nesse momento, o Mediotopia.

Essa prática certamente vai te ajudar a lidar melhor com a ansiedade nos estudos.

5. Pratique exercícios físicos

Muitos podem achar que praticar exercício é necessariamente se preparar para correr uma maratona, ou se matricular no crossfit.

Mas não!

Praticar exercícios pode ser caminhar na praça perto da sua casa, ou dedicar 20 minutos do seu dia para praticar Yoga, por exemplo. 

Essa prática te ajuda a liberar endorfina, um hormônio que ajuda na sensação de bem-estar. 

Assim, dedicar alguns minutos do seu dia para se movimentar vai ajudar a sua mente, o seu corpo e te dará mais disposição para estudar – e menos ansiedade.

6. Respire

Essa dica parece supeeer simples né?!

O que acontece é que muitas vezes respiramos de forma errada, sim, isso mesmo. 

Essa respiração incorreta pode te deixar mais ansioso e até mais cansado.

Já respirar corretamente te ajuda a relaxar, traz uma sensação de tranquilidade. 

Então, quando você estiver para começar aquela prova, e se sentir super ansioso invista em algum exercício de respiração, como o do gif abaixo:

Pin em yoga

7. Se possível, faça terapia

Por último, mas não menos importante: faça terapia.

A ansiedade é muito comum a muitos estudantes e seus efeitos são extremamente negativos, podendo prejudicar não só os seus estudos, mas também a sua qualidade de vida. 

Por isso, se possível, faça terapia.

Sabemos que não são todas as pessoas que conseguem arcar com esse custo, se esse for o seu caso, não se desespere.

Procure na internet locais que dão apoio psicológico social.

Várias universidades e hospitais oferecem esse serviço gratuitamente, ou por um valor social, para quem não pode custear o preço das consultas.

Estudar nos engrandece e nos transforma, mas a pressão e outros fatores podem nos deixar ansiosos nesse momento.

Lembre-se de se cuidar, reconhecer suas conquistas, respirar e descansar.

Que tal compartilhar esse texto com outras pessoas que também estão precisando dessas dicas? 🧡

Beatriz Custodio

Beatriz Custodio

Redatora na Passei Direto

Comentários

Deixe uma resposta